10/06/2015

A Polêmica Sobre o Ácido Hialurônico

O Cirurgião plástico, Dr. Rodrigo Duprat, tira dúvidas e dá orientações para garantir o sucesso do tratamento.


Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a importação de uma marca suíça de ácido hialurônico, alegando irregularidades durante o processo de produção.
O ácido hialurônico é um composto amplamente para corrigir imperfeições da pele. Ele é injetado em áreas do rosto, como a região das olheiras, lábios, bochechas e sulco nasogeniano, popularmente conhecido como bigode chinês. O tratamento resulta em uma pele mais uniforme e rejuvenescida com mais colageno.
Segundo o médico e cirurgião plástico Dr. Rodrigo Duprat, tanto o ácido hialurônico quanto o botox são classificados como medicamentos pela Anvisa, e não como cosméticos. Isso implica em comprovação científica e testes rigorosos, antes da aprovação de qualquer produto.

Duprat explica que o ácido hialurônico é uma substância natural, que está presente no organismo de quase todos os seres e atua como uma espécie de cola, transportando nutrientes essenciais que chegam pela corrente sanguínea para células da pele. Já o ácido utilizado nos consultórios não é de origem animal, são feitos em laboratório através de bactérias produtoras e tecnologia, o produto é extraído e isolado emu ma seringa estéril.

Se o composto utilizado for de má qualidade ou se tiver em sua fórmula algum ativo que não é familiar ao corpo, poderá causar danos à saúde. “Além de não entregar o resultado esperado e colocar a estética em risco, uma substância de má qualidade poderá ser entendida como um corpo estranho e desencadear um processo inflamatório no organismo”, alerta Duprat.

Para saber quais produtos têm segurança e qualidade garantidas, basta que o profissional procure por aqueles com mais estudos publicados e maior bagagem científica, além de se interar sobre o conceito e tradição da marca. “O paciente deve ter o mesmo cuidado e conversar com seu médico sobre o procedimento, a origem do produto e seus resultados”, orienta Dr. Rodrigo. Cada embalagem de ácido hialurônico pode ser utilizada, somente, em um único paciente. Por isso, é importante identificar o recipiente com nome ou até mesmo levá-lo para casa.


Sobre Dr. Rodrigo Duprat

Dr. Rodrigo Drupat é cirurgião plástico formado pelo consagrado Prof. Pitanguy. Possui vasta experiência em cirurgia plástica estética e reparadora com ênfase no pré e pós operatório. Realizou sua residência de cirurgia geral pela Santa Casa de São Paulo e pós-graduado pelo Instituto Ivo Pitanguy em cirurgia plástica.
É especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e membro da ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Sugery).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDAS, ELOGIOS, CRÍTICAS OU SUGESTÕES?
SEU COMENTÁRIO É SEMPRE BEM VINDO!