18/10/2015

Reflexão

Quando somos mais novos temos tantos planos, queremos fazer tantas coisas ao mesmo tempo que parece que vamos viver para sempre, tantas idéias e pouco tempo, o que fazer primeiro? A escolha de uma profissão por exemplo se torna para alguns uma verdadeira tortura, tantas opções e o medo de fazer a opção errada...
Mas a vida vai passando, passando e outras prioridades vão surgindo e ocupando o espaço de pequenas coisas que poderiam parecer sem sentido e sem futuro, mas que no fundo nos traz momentos felizes, nos deixa andando em nuvens e com o coração repleto.

E a "busca pela felicidade" ou "vida perfeita" continua, mas o que é felicidade senão uma junção de pequenas coisas, pequenos momentos que nos tiram o sorriso do rosto e enchem o nosso coração de amor.

Fazer algo de que se gosta, com ouvir uma música e senti-la se nenhum tipo de interrupção ou pressa, fazer aulas de dança, fazer um corte de cabelo novo ou pintar daquela cor que você sempre quis e nunca teve coragem, fazer algo que no passado você tenha pensado: não posso viver disso... e guardou no fundo do seu coração, estudar algo diferente, cantar, desenhar, pintar, fazer aulas de teatro ou frequentá-los, saltar de pára-quedas, voar de balão, passear ao ar livre e observar a natureza...

Sei que podem parecer coisas simples mas muita gente por diversos motivos não faz o que tem vontade, pense e analise se você pode ser uma dessas pessoas, coloque em prática! A vida é curta demais para ficarmos presos na irritante rotina do dia a dia. 


Sejam Felizes!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDAS, ELOGIOS, CRÍTICAS OU SUGESTÕES?
SEU COMENTÁRIO É SEMPRE BEM VINDO!